Identificar as ervas daninhas mais comuns do seu jardim

Catassol

 

 

O que procurar:

Plantas anuais direitas, por vezes com caule com estrias avermelhadas, com folhas verde-pálidas ovais ou em forma de diamante e grupos de flores verde-pálidas. Eram outrora usadas para alimentação, até que o espinafre foi introduzido no século XVI.

 

Onde procurar

Beiras de caminhos e canteiros

 

 

Corriola-das-sebes

 

 

 

 

O que procurar:

Herbácea trepadeira perene que pode atingir os 3 metros de altura, produzindo grandes flores brancas ou cor de rosa em forma de trompete entre junho e setembro. Pode sufocar outras plantas ao enrolar o caule à volta delas. Propaga-se através de raízes subterrâneas e rastejantes, rizomas e sementes. Pode ser eliminada através de escavação, mas uma vez que a mais pequena raiz pode dar origem a novas plantas, o problema acaba por voltar após um breve período de tempo

 

 

Onde procurar:

Beiras de caminhos e canteiros

 

Aegopodium podagraria

   

O que procurar:

Conjuntos densos de flores brancas que podem crescer até 1 metro de altura. Caules tubulares com flores. Propaga-se através dos rizomas subterrâneos e por vezes através de sementes. Se quiser desenterrar esta planta, certifique-se de que retira toda a raiz branca e grossa, pois a mais ínfima parte da mesma poderá produzir uma nova planta.

Onde procurar:

Beiras de caminhos e canteiros

 

 

 

Ranunculus

   

O que procurar:

Planta perene com rizomas longos que podem trazer problemas muito sérios aos relvados e canteiros. As folhas são triangulares com três segmentos com lóbulos muito pronunciados. Nos relvados, forma uma roseta plana que escapa às lâminas do cortador de relva. É uma planta muito agressiva e capaz de colonizar áreas bastantes extensas.

Onde procurar:

Canteiros, beiras de caminhos e relvados

 

 

 

Poa-comum

   

O que procurar:

Herbácea anual que se reproduz por sementes e não por rizomas. Tufos de erva com floração, por vezes com pequenos talos rastejantes à superfície. Pode tornar-se uma praga, pois produz sementes durante todo o ano.

Onde procurar:

Normalmente em relvados, mas pode espalhar-se aos canteiros e caminhos

 

 

 Urtiga

   

O que procurar :

Planta herbácea perene que pode tornar-se difícil de eliminar graças às suas folhas com ação urticante. Propaga-se através de raízes subterrâneas e é relativamente fácil de arrancar com um par de luvas bem grossas! Apesar de ser um problema no jardim, esta planta pode ter várias utilizações, como por exemplo a ativação da pilha de compostagem, uma vez que a folhagem composta é rica em azoto. Além disso, pode ser utilizada para produzir fertilizantes!

Onde procurar :

Beiras de caminhos e canteiros

 

 

 

 

Trevo

   

O que procurar :

Folhagem verde brilhante e as tão conhecidas folhas de três lóbulos (por vezes 4!). Esta planta herbácea é uma enorme dor de cabeça nos relvados, onde as folhas de um verde brilhante sobressaem no meio da restante relva sem cor dos períodos secos. Com floração entre maio e setembro, propaga-se através das sementes e crescimento vegetativo, podendo colonizar áreas extensas em pouco tempo.

Onde procurar :

Relvados, beiras de caminhos e canteiros

 

 

 Margaridas

   

O que procurar:

As margaridas tanto podem estragar como melhorar um relvado, dependendo do seu ponto de vista. Algumas margaridas pontuais podem não parecer problemáticas, mas estas propagam-se por semente e podem rapidamente colonizar um relvado inteiro. As folhas em forma de colher ficam bem junto ao solo, o que dificulta a sua remoção com um cortador de relva normal.

 

 

Cavalinha

   

O que procurar:

Trata-se de uma herbácea perene e invasiva. O seu caule cresce por vários metros debaixo do solo e é tão duro que consegue perfurar o asfalto. Os caules verdes e finos podem aparecer em todo o tipo de solo, desde o arenoso ao pantanoso. Na primavera, desenvolvem-se nas extremidades espigas castanhas semelhantes a espargos, produtoras de esporos.

Onde procurar:

Canteiros e bordas de caminhos, sobretudo junto a zonas alagadas

 

Tanchagem 

 

 

 

   

O que procurar:

Planta herbácea e perene que se reproduz por semente e pode surgir em qualquer lugar!  Conhecida pelo tufo de folhas grossas e espigas de pequenas flores, tem raízes muito fortes, o que torna muito difícil arrancá-la à mão.

Onde procurar:

Canteiros, beiras de caminhos e relvados

 

 

 

 Musgo

   

O que procurar:

Planta primitiva e rasteira que se desenvolve em zonas húmidas. Pode surgir em todo o tipo de superfície, sobretudo sob árvores e cercas, e ainda nos relvados.

Onde procurar:

Canteiros e beiras de caminhos, ao longo das cercas, abrigos, caminhos e estradas

 

 

Dente-de-leão

   

O que procurar:

 Roseta de folhas verde-escuras junto ao chão, com produção de flores amarelas no verão. As folhas crescem lançando sombra sobre as outras espécies e privando-as de luz. Reproduz-se através das sementes. Produz uma raiz longa e carnosa. Se quiser arrancá-la, certifique-se de que não fica nenhuma parte da mesma no solo, pois é o suficiente para dar origem a uma nova planta.

Onde procurar:

Relvados, canteiros, beiras de caminhos e caminhos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Procurar

Ferramentas

-
+
Ajustar